Beijinho



Olá!

Hoje o post será a receita do docinho “ beijinho”, mas antes vamos falar como surgiu e o porquê desse nome.

História

Esse docinho é tipicamente português e surgiu dentro dos conventos no  século  XVII. É isso mesmo, parece estranho o doce ter esse nome e ter surgido dentro de um convento.

Como muitos doces eram confeccionados dentro dos conventos, eles acabavam recebendo nomes apelativos de inspiração erótica, que mostrava a pouca vocação para a vida religiosa.

Isso ocorria, pois, muitas meninas eram enclausuradas nos conventos pelos seus pais por mau comportamento ou por serem filhas secundárias e os pais não terem dinheiro para um bom dote como para a filha primogênita.

O primeiro nome do “Beijinho” nasceu como “Beijinho de freira”; ele era confeccionado com amêndoas e calda de água com açúcar.

No Brasil essa receita foi modificada no lugar das amêndoas foram substituídas pelo coco ralado e a calda de açúcar com água, foi substituída pela calda do leite com açúcar e passou a ser chamado de “Beijinho de coco”.

Mais tarde esse doce sofreu outra alteração com o surgimento do leite condensado e passou a ser conhecido como “Beijinho”.

Receita

1 lata de leite condensado

1 colher de sopa de manteiga sem sal

100gr de coco ralado

Modo de Fazer:

Coloque todos os ingredientes em uma panela e mexa sem parar até o doce se desprender do fundo da panela; quando isso acontecer desligue o fogo e coloque o conteúdo em um recipiente untado com manteiga e deixe esfria- lo. Quando tiver frio enrole e enfeite com coco ralado ou açúcar cristal.

 Não esqueça de colocar um cravo da índia para dar o toque final.
Agora se você preferir comer o “ Beijinho” de colher acrescente meia caixa de creme de leite.

Um beijo


Adriana Fonseca

Comentários

Postagens mais visitadas