O perigo da automedicação

Quem nunca tomou um analgésico para melhorar aquela dor de cabeça que está incomodando tanto, febre ou resfriado? Essa prática é muito comum em mais de 80 milhões de brasileiros segundo a Abifarma e pode trazer sérios riscos para a saúde.
Os medicamentos tomados sem prescrição médica, podem ter efeito contrário ao que se espera. 
O remédio que tomamos, pode tanto melhorar como piorar os sintomas sentidos, além da possibilidade de ocorrer alguma reação adversa. 
A automedicação pode causar efeitos indesejados além de mascarar doenças mais graves.
Em 2010, a Anvisa proibiu a venda de antibióticos sem receita médica para controlar o seu consumo. Mesmo assim, algumas pessoas tomam os comprimidos que restam na caixinha sem consultar o especialista. Os antibióticos, quando tomados sem necessidade, podem aumentar a resistência da bactéria que poderá voltar com mais força numa próxima vez. 
Os antiinflamatórios causam insuficiência renal e podem causar sangramentos no corpo. Os diuréticos causam desidratação e insuficiência renal.
A combinação de dois ou mais medicamentos também é perigoso. Muitos deles são incompatíveis e não sabemos.
Viu como é sério?
Os remédios naturais também precisam de orientação médica. Alguns possuem efeitos colaterais tão graves quanto os alopáticos. 
Procurar um médico e não se automedicar sempre que precisar, nada de sair tomando remédios sem orientação, afinal é a sua saúde que está em jogo.


Silvia P.

Comentários

Postagens mais visitadas