Começar a correr




Sempre me disseram que a corrida é um esporte muito bom não só para o corpo mas também para a mente. Além de ajudar a queimar gordura e aumentar a resistência, faz um bem enorme, trazendo benefícios que não enxergamos e que se espalham pelo nosso corpo. Vamos conferir!
Correr deixa o coração mais resistente pois melhora o fluxo de sangue nas artérias e estimula a capacidade do músculo cardíaco se contrair afastando a aterosclerose e o infarto.
Fortalece o sistema imunológico ajudando a prevenir doenças. 
Melhora o sono e sua qualidade. Pessoas que correm de 20 a 30 minutos em dias intercalados, além de ter o tempo de pegar no sono reduzido pela metade conseguem aumentar em quase 60 minutos a quantidade de horas dormidas 
Exercita a cabeça. Correr regularmente, melhora a memória e as funções cognitivas pois exige foco e concentração que é muito positivo do ponto de vista neurológico. 
Quem corre, tem mais ligações de receptores de endorfina. E, o simples fato de conseguir evoluir um pouco a cada dia, aumenta muito a autoestima e a autoconfiança.
Mas para conquistar todos esses benefícios, não é simplesmente sair correndo por aí, algumas dicas  de alimentação e treinos específicos vão ajudar no começo e evitar desgastes e lesões. A ajuda de um profissional para guiar os treinos e a alimentação são muito importantes.


Alimentar-se bem para o corpo obter energia para a corrida é uma regra. Quando corremos, o corpo usa as reservas de carboidratos e gorduras menos acessíveis. Todos nós temos reservas de gorduras, mas também precisamos de altos níveis de glicogênio antes e depois da corrida.
A hidratação durante o exercício também é necessário. O corpo perde líquido e sais minerais quando corremos, por causa da transpiração. Por isso, precisamos ficar atentos ao consumo de água ou bebidas esportivas enquanto corremos. Atenção, peça água!
O uso do tênis inadequado contribui para aumentar o aparecimento de lesões. O local e o tipo de treino e competição influenciam na escolha. Pisos mais duros, como concreto, pedem calçados com maior amortecimento; já terrenos irregulares, como as estradas de terra e lama, use os tênis para trilha. O tipo de treino e a velocidade são outros fatores a se considerar.
Agora, com essa dicas, é só procurar o seu treino ideal e começar a correr. 
Eu, sempre resistente, nunca dei o braço a torcer dizendo que não conseguiria pois não tinha fôlego e nem resistência. Comecei e desisti de vários treinos, mas a  minha força de vontade de conseguir foi além, a quinze dias consegui completar a minha primeira prova de 5 Km. Superei e adorei! A sensação de acabar a prova é indescritível! Vale a pena de verdade!


Silvia P.

Comentários

Postagens mais visitadas