MANDALAS


Mandala é uma palavra em sânscrito (língua erudita da Índia) que significa círculo. Ela pode ser usada para desenvolver questões psicológicas, para ajudar as pessoas a se curar emocionalmente e proporcionar mais vitalidade. Mente sã, corpo são.


                                  
 

Muitos terapeutas sejam holísticos ou não utilizam as mandalas para ajudar seus pacientes a resolver seus problemas , elas também podem ajudar na energia da casa e do ambiente de trabalho.
Essa forma geométrica se apresenta em vários objetos do nosso dia a dia, basta olhar em volta que acharemos círculos variados. Pratos, copos, travessas, formas de bolo, pirex, mesas e também, a terra, os planetas, o sol, as flores etc...
 
 

Um círculo não tem inicio nem fim, sua forma é constante e regular e através do exercício de construção de uma mandala conseguimos obter concentração e um profundo relaxamento, construir uma mandala exige calma e comprometimento, porque a figura tem que ser feita por igual, essa é a parte mais difícil, mas pinta-la é pura diversão, o interessante é deixar que as cores fiquem divertidas no papel para  tentar criar uma harmonia que lhe traga bem estar. Se entregarmos a mesma mandala para duas pessoas, saibam que elas nunca serão iguais, isso porque além de todos nós sermos diferentes e únicos, nós também sentimos tudo de maneira diferente, chorar, rir, magoar, perdoar e amar, cada ser humano percebe essas sensações do seu jeito.
 
 

 Pintar uma mandala é um exercício de meditação e traz paz. É interessante observar a nossa respiração durante a pintura de uma mandala, podemos perceber várias falhas e tentar manter o mesmo ritmo, no final você se sentirá bem mais tranquila. A respiração é importante pois mantem todos os órgãos equilibrados e funcionando em harmonia.
As Igrejas mais lindas do mundo tem as chamadas Rosetas em seu interior,essas são mandalas também.Geralmente são feitas de lindos vitrais cheios de cores e formas e enchem nossos olhos de beleza.
 
 

 Os Monges Tibetanos constroem mandalas com areia de mármore colorida, é um exercício de paciência e entrega, um dos ensinamentos é que mandalas são como a vida, nada é permanente, precisamos enxergar que muitas vezes o que nos parece eterno na verdade é apenas passageiro, eles dizem isso porque ao término de cada mandala ela é desfeita, muitas vezes os monges  demoram mais de 50 horas para concluir uma e em instantes elas já não existem mais. Antes de 1988 não era permitido que pessoas comuns às vissem isso só foi possível depois que Dalai Lama autorizou, ele queria que a humanidade pudesse ver não só a beleza nas construções, mas também aprender com isso. Construir uma mandala e em seguida desmancha-la é um sinal de desapego, afinal sempre que terminamos alguma coisa outra já está para começar. Essa lição deveríamos colocar em pratica todos os dias.
 
 
 
 

As mandalas podem ser feitas e pintadas, mas se você quer apenas pintar, existem muitos sites na internet para imprimir lindas mandalas, depois é só pegar uma caixa de lápis de cor e usar a imaginação  e é claro deixar a emoção vir a tona.
Uma dica: O almoço de domingo fica mais divertido se todos pintarem suas mandalas, depois é só cada um mostrar a sua!
 
Boa diversão
 
Andréa
 

 
 

Comentários

Postagens mais visitadas