Resenha - Se você fosse minha.

Se você fosse minha -
Zach, o mais arredio dos Sullivan é mecânico e corredor de pistas de alta velocidade. Suas únicas preocupações são: como gastar seu dinheiro e com que mulher passar a próxima noite... Até que ele recebe a difícil tarefa de cuidar do filhote de York Shire de seu irmão por duas semanas — um total contratempo para um homem como ele.
Mas Zach não tem como negar este favor a Gabe e, muito a contragosto, acaba aceitando cuidar de Ternurinha, a cachorrinha que, para piorar, é um terror e certamente precisa de treinamento.Heather Linsey não acreditava que teria de treinar o filhote do arrogante Zach Sullivan. De todos os homens que já conhecera, Zach era o mais atrevido. Palavras como arrogante, esnobe, pretensioso cabiam especialmente bem no mecânico da família Sullivan. Além disso, a beleza e o charme de Zach eram desconcertantes e a atração entre eles, inevitável... Heather estava francamente disposta a negar esse trabalho, mas teve que pensar duas vezes antes de recusar, pois fora indicada por uma grande amiga.De qualquer forma, ela sabia que podia controlar as investidas de Zach Sullivan, caso ele se mostrasse desrespeitoso. O que ela não sabia é que sua rejeição ia despertar os mais profundos e obstinados desejos no mecânico...


Zach é o protagonista do quinto livro da série Os Sullivans. Zach Sullivan tem 30 anos é dono da franquia "Sullivans auto" e ama correr em altas velocidades. Sexy, rico e inteligente ele é a fórmula perfeita para a destruição dos corações femininos. Seu ponto fraco é a sua família e Gabe sabe bem disso. Gabe pede à Zach que tome conta de Ternurinha, uma York Shire terrier muito bagunceira por duas semanas, enquanto viaja com sua família. Não resistindo ao apelo, aceita cuidar de Ternurinha e não imagina o quanto essa tarefa irá mudar a sua vida.
Seu par romântico é nada menos que Heather Linsey a adestradora de cães que aparentemente são impossíveis de serem treinados. Ela tem uma personalidade forte, e a ultima coisa que quer para sua vida é um homem encantador. Ao atender o pedido de uma cliente e amiga, se depara com Zach, um lindo e encantador mecânico que chama mais sua atenção do ela gostaria.
Esta é mais uma envolvente história da família Sullivan, alguns leitores podem até falar que eles se apaixonam muito rápido, que as histórias são muitos clichês e tal, mas eu sempre fico encanta com a forma como eles se entregam a esse sentimento e lutam por tudo aquilo que desejam sem medo do que pode acontecer, se pararmos para pensar existem muitas histórias reais que são assim.
 Zach Sullivan, o irmão que se deu bem sendo mecânico, ele jurou que nunca iria se apaixonar ou se casar, pois acredita que assim como seu pai, terá uma vida curta. Quando sua amada sobrinha Summer, tem a brilhante ideia de deixar Ternurinha com ele, a última coisa que ele esperava era conhecer a mulher da sua vida. Quando conhece Heather e percebe que ela não esta caindo em seus braços como todas as mulheres fica inconformado e decide vocês se lembram dela? A que juntou o Gabe com sua mãe? Ela decide que Zach irá cuidar de sua cachorrinha conquista la.
A atração entre Zach e Heather é imediata, existe uma química entre eles que é inevitável, mas Heather irá tentar evitar. Ela esta acostumada com relacionamentos rápidos, sem laços afetivos, ela nunca se sentiu assim, tão atraída por um homem, e a ultima coisa que deseja é se derreter por esse homem lindo. Ahhh e como ele é lindo!
Um dos lados positivos da trama é que o romance em si começa após a página 100. Isso nos da um tempo para conhecer melhor os dois. Não significa que não ocorram flertes e tentativas por parte de Zach, mas Heather tenta arduamente lutar contra ele. Com isso, vamos conhecendo alguns aspectos pessoais da vida desses dois protagonistas, como os problemas na adolescência de Heather e o motivo pelo qual ela evita relacionamentos e porque Zach também evita se envolver emocionalmente.
Outra coisa que amei neste livro foi a interação dos outros personagens da série, e de uma forma muito coerente com a devida passagem de tempo, inclusive a mãe de Zach tem poucas aparições, mas nesse livro quando aconteceu foi para nos deixar de coração partido e colocar um pouco de juízo na cabeça de Zach.
Livros em que tem cachorros e crianças sempre roubam as cenas não importa o que os protagonistas façam e Ternurinha junto com Atlas proporcionam verdadeiros momentos de alegria, ainda mais quando seus donos são obrigados a ficarem perto somente para fazer a alegria dos cães, não que fossem realmente achar ruim isso tudo. Ternurinha é como seu nome afirma um amor de cachorrinha após ser adestrada, morri de pena quando Gabe veio buscá-la na casa do Zach, mas ainda bem que de alguma forma as coisas conseguem se ajeitar.
Como já afirmei acima tem alguns momentos com os outros personagens, mas não vou contar tudo para não estragar as surpresas ok.  Chloe e Chase aparecem em sua melhor forma, assim como a Boazinha e a Mazinha que conseguem torturar o Zach de uma forma muito divertida.
Nem preciso dizer que recomendo demais essa série de livros para aqueles que gostam de romance, o próximo volume é finalmente do Ryan Sullivan, jogador de beisebol e o primeiro Sullivan que eu conheci. Vocês vão amar a história dele.

                                                                  Boa leitura HH


Comentários

Postagens mais visitadas